terça-feira, 18 de março de 2014

Passeio a Gondramaz


Gondramaz é uma das 27 aldeias do xisto que existem em 16 municípios do Pinhal Interior, na região centro. Já lá tínhamos ido o ano passado: ficámos fascinados não só com a paisagem serrana em que se insere mas também pelas casas de pedra pitorescas e ruelas que serpenteiam até às riquezas locais.
Este fim-de-semana, aproveitando o sol e o bom tempo, voltámos lá. É relativamente próximo da nossa casa e por isso quando queremos sair da rotina, espairecer e entrar noutros mundos visitamos, muitas vezes, as aldeias de xisto que resistem nos arredores.  A sensação é que entramos noutra época, noutro mundo, onde o tempo fez o favor de parar. O silêncio impera por estes lados e permite-nos ouvir o som bucólico das eólicas que giram ao sabor do vento no cimo da serra, lembrando-nos que o progresso afinal existe.
Aqui ficam algumas fotos do passeio:

 
  

"Mamã, mas porquê é que as casas são de pedra?"



A pensar nos seus visitantes, Gondramaz está muito bem sinalizada:


 Ao Sr. Manuel escultor não resistimos em comprar uma linda escultura da sua autoria: Eva sentada numa pedra.


O forno a lenha já estava a ser preparado para a chanfana:

 


Um dos poucos residentes com quem nos cruzámos: homem sério, de poucas palavras...As miúdas, contudo, adoraram-no!


Passear para mim é fundamental: coloca-nos logo um sorriso nos lábios, tira-nos do stress do dia-a-dia e do boliço das cidades. Conhecer outros locais, gentes e modos de vida é fundamental para muitas vezes questionarmos os nossos próprios hábitos e reequacionar se de facto não há outra maneira, mais saudável, mais sustentável, enfim, mais equilibrada para levarmos a nossa própria vida. E eu acredito cada vez mais que sim.

2 comentários:

  1. Que fotos mágicas!
    Desta aldeia nunca tinha ouvido falar... Já está na lista! :)

    Grata pela partilha!
    ***rita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rita,
      Vale mesmo a pena! Tem de lá ir. Bom passeio ;)

      Eliminar